Algures num shopping de Riade, enquanto esperava que uma amiga acabasse de comprar a loja inteira, eis que surge uma menina com cerca de 2 anos e com um balão laranja na mão. Talvez por estar sentada ao mesmo nível dela e pelo meu ar amigável (espero eu) a criança aproximou-se e deu-me o balãozinho enquanto pronunciava algumas palavrinhas bastante sonoras e engraçadas. Eu apenas sorria e dizia Hello ou Olá (talvez a menina percebesse português, quem sabe?) O pai estava por perto e não pareceu preocupado com o à-vontade da filha.

Então lá continuamos com o nosso diálogo em árabe-anglo-português, onde o balão laranja passava das minhas mãos para as dela e posteriormente para o chão e novamente para as minhas mãos. Até que o meu telemóvel despertou-lhe a atenção e aí sim começou a falar. É nesta altura que eu realmente queria um tradutor, mas enfim, o sorriso faz parte da linguagem universal e acho que até tivemos um diálogo proveitoso!

Realmente, nada melhor que o sorriso franco e simples de um criança para nos fazer acreditar no futuro!